Notícias   



População de São Mateus enfrenta problemas no abastecimento de água no município

Aumentar o texto: A- | A+
Moradores disseram que a água que está chegando às torneiras está muito salgada e pode ser utilizada apenas para descarga ou para limpar casa e lavar a louça

A população de São Mateus, região Norte do Estado, está enfrentando um sério problema com o abastecimento de água. Devido ao aumento do nível de cloreto do Rio Cricaré, a distribuição foi comprometida em grande parte do município.

De acordo com moradores da cidade, a água que está chegando às torneiras está muito salgada e pode ser utilizada apenas para descarga ou, por falta de alternativas, para limpar casa e lavar a louça.

Na rua de um dos bairros, um morador tem um poço no quintal e disponibiliza água potável de forma gratuita para os vizinhos. Outra forma que a população recorre para beber ou cozinhar é adquirir os galões de 20 litros, que custa em torno de R$ 6,00, ou comprar com caminhões, que fica por R$ 40,00 o equivalente a 500 litros, abastecidos diretamente na caixa d'água da residência.

O problema, no entanto, não atinge todo o município. No distrito de Santa Maria, por exemplo, o abastecimento está normal. Segundo moradores, as chuvas que ocorreram nos últimos dias fez com que a água seja distribuída todos os dias nas casas.

Por meio de um comunicado, o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) da cidade esclarece que a água distribuída deve ser utilizada apenas para higienização e limpeza, pois o Rio Cricaré está com o nível de salinidade muito alto e pode ser prejudicial à saúde, caso seja ingerido.

Para atender a demanda de água no município, a prefeitura de São Mateus está disponibilizando caminhões pipa com água potável para atendimento dos bairros necessitados. O cronograma de abastecimento é disponibilizado diariamente no site da prefeitura.

Leia mais em:

 » Galeria de Fotos
 


Fonte: http://www.folhavitoria.com.br  

 » Notícias Relacionadas

  15-09-2017 Água mineral que tem 100% do lucro revertido para projetos sociais chega à MT; arrecadação passa de R$ 600 mil.
  15-09-2017 Mitos e verdades sobre a gestão da água no Brasil.
  04-09-2017 Maior açude do Ceará, Castanhão chega a menor volume de sua história.
  04-09-2017 Alunos do Senai de Corumbá desenvolvem espessador para indústria da mineração.
  29-08-2017 Alegrete conclui perfuração de mais dois poços na zona rural da cidade.
  29-08-2017 Estado pede R$ 2 bi para abastecimento de água e esgotamento sanitário.

 

Parceiros


Publicidade