Notícias   



CRISE: Catarina começa ser abastecida por água do Buenos Aires

Aumentar o texto: A- | A+
A população do município de Catarina, na região dos Inhamuns, distante 398 km de Fortaleza, com cerca de 20 mil habitantes, vem sofrendo com a falta d’água após a barragem Rivaldo de Carvalho, localizada na Vila São Gonçalo, a 19 km da sede municipal, secar. Neste ano, não houve recarga.

A adutora de São Gonçalo foi desativada há dois meses e uma emergencial foi implantada no açude Buenos Aires, que foi instalada através de parceria da Prefeitura de Catarina e da Companhia Água e Esgoto do Ceará – Cagece.

Esse sistema se estenderá por mais 90 dias, já que o açude Buenos Aires também está secando.

O prefeito de Catarina, Dr. Thiago Paes de Andrade esteve acompanhado do deputado federal Odorico Monteiro em reunião do Comitê de Combate à Seca no Ceará. A Sohidra começou a perfurar 16 poços profundos entre a sede e o açude São Gonçalo. A ideia é aproveitar a água dos poços injetando na adutora até a Estação de Tratamento de Água.

Dos oito poços profundos marcados pelos geólogos da Cagece, seis já foram perfurados pela Sohidra na sede de Catarina e apenas dois deram vazão; um deu vazão de um mil litros de água por hora e, o segundo poço teve vazão de 7 mil litros de água por hora. Segundo informações da equipe da Sohidra, os poços que não deram vazão não serão contabilizados. Os poços estão sendo perfurados a um limite de apenas 80 metros profundidade.

Os trabalhos de perfuração de poços profundos continuam na cidade de Catarina e depois serão realizados na Vila de São Gonçalo.

Já em relação ao abastecimento de água das comunidades rurais, após reunião entre o gestor municipal de Catarina com representante da coordenação estadual da Defesa Civil e do 40º Batalhão do Exército em Crateús, as rotas da Operação Pipa passaram de quatro para oito. A água da Operação Pipa está sendo captada no Açude Arneiroz ll, em Arneiroz.

O prefeito de Catarina também solicitou ao Ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, a perfuração de mais poços profundos. Barbalho assegurou oito através do Dnocs para localidades rurais do município de Catarina, e o empenho junto ao governador do Ceará, Camilo Santana para a construção da adutora do açude Arneiroz ll, para abastecer o município de Catarina.

*Diário Centro Sul

Leia mais em:

 » Galeria de Fotos
 


Fonte: www.maisfm.com  

 » Notícias Relacionadas

  07-11-2017 Moradores fecham trecho da BR-020 no Ceará após distrito ficar sem abastecimento de água.
  07-11-2017 Avanços na ciência e tecnologia diminuíram os custos do pré-sal brasileiro e aumentaram a competitividade, afirma especialista.
  01-11-2017 Crise hídrica em Pedro II foi tema de audiência no MP-PI.
  26-10-2017 Copasa emite alerta em relação a abastecimento de água em Paracatu.
  16-10-2017 Mesmo com poços artesianos, parte da população de São Mateus continua recebendo água salgada.
  16-10-2017 Após 15 dias suspenso, rodízio no abastecimento de água volta a ser adotado em Formiga.

 

Parceiros


Publicidade