Notícias   



Ceará tem primeira perfuração de poço horizontal para captação de água do País

Aumentar o texto: A- | A+
Ceará tem primeira perfuração de poço horizontal para captação de água do País


Um procedimento pioneiro no País para reforçar o abastecimento hídrico da Região Metropolitana de Fortaleza. Na manhã desta quarta-feira (31), no Cumbuco, o governador Camilo Santana deu início à operação da máquina perfuratriz para cavar o primeiro poço com furo horizontal e direcional de captação de água no País. A técnica, que é normalmente usada para extração de petróleo no fundo do mar, está sendo adaptada para as condições do solo arenoso e vai possibilitar o aproveitamento do aquífero Dunas/Cumbuco.

Camilo Santana destaca que a ação faz parte da meta do Governo do Ceará de alcançar a autonomia no Complexo Industrial e Portuário do Pecém e, assim, assegurar o uso exclusivo das águas da bacia metropolitana para a população da Capital e de proximidades. O governador explica que os poços horizontais são um passo adiante, depois da perfuração de 42 poços profundos no Pecém.

"A ideia é garantir a autonomia do Complexo para que possamos utilizar toda a água da bacia metropolitana para o abastecimento humano, garantindo o fornecimento para Fortaleza, Caucaia, etc. Portanto, essa é mais uma das ações de Segurança Hídrica, e é importante dizer que se trata de uma ação pioneira no Brasil. Pela primeira vez se utiliza essa metodologia para perfuração de poços. Geralmente ele é feito vertical, agora são dois poços na horizontal", explica. No evento, Camilo esteve acompanhado do secretário dos Recursos Hídricos, Francisco Teixeira, além da equipe de engenheiros e operários envolvidos na obra.

A Companhia de Gestão de Recursos Hídricos do Ceará (Cogerh) foi responsável pelos estudos sobre a captação de água seguindo a metodologia dos furos horizontais. Foram feitos experimentos de março a outubro de 2016. Com obra localizada próxima às cristalinas, no lagamar do Cauípe, no trecho V – Eixão das Águas, próximo ao Reservatório Apoiado Pecém (Rap Pecém), a perfuração de poços horizontais tem expectativa de vazão de 200 l/s para abastecer a RMF. A iniciativa tem investimento total de R$ 7,2 milhões. Ao todo, serão dois poços, de 500 metros cada. A previsão de entrega é setembro deste ano.

Inovação

Os poços no Cumbuco são projetados para que o sistema de captação de água fique totalmente inserido no lençol freático. A partir de um furo vertical (shaft), já realizado no aquífero Dunas anteriormente, estão sendo feitas várias linhas de tubulações na horizontal para captar água diretamente do reservatório de água subterrânea que, por sua vez, terá um melhor aproveitamento devido a maior área de absorção de água que lhe será proporcionado.

Titular da Secretaria dos Recursos Hídricos do Ceará (SRH), Francisco Teixeira expõe que o ineditismo da ação no Brasil será fundamental para o Estado ao ampliar a vazão do CIPP e trazer novas perspectivas na busca por novas e mais eficazes fontes alternativas de água.

"Esse sistema de poços horizontais tem a vantagem de que se pode ter uma abrangência maior em termos de área de captação. Como temos uma grande duna nessa região do Cumbuco, construímos mil metros de poços horizontais, reunindo a água que é coletada por esses poços a mais de 20 metros de profundidade num grande poço vertical, chamado shaft. Nesse poço vertical, eu coloco uma bomba que capta a água reunida e injeta no trecho 5 do Eixão das Águas, levando mais água ao Pecém. E isso numa vazão de 200l/s, capaz de abastecer uma cidade de mais de 100 mil habitantes, como o Crato", detalha Teixeira.

Investimentos em Segurança Hídrica

Desde 2015, o Governo do Ceará investiu cerca de R$ 400 milhões na área de Recursos Hídricos. Ao longo dos dois últimos anos, foram perfurados mais de três mil poços, construídos 330 km de adutoras de norte a sul do Ceará, instalados 550 chafarizes e 191 sistemas de dessalinização de água.

Leia mais em:

 » Galeria de Fotos
 


Fonte: www.ceara.gov.br  

 » Notícias Relacionadas

  07-11-2017 Moradores fecham trecho da BR-020 no Ceará após distrito ficar sem abastecimento de água.
  07-11-2017 Avanços na ciência e tecnologia diminuíram os custos do pré-sal brasileiro e aumentaram a competitividade, afirma especialista.
  01-11-2017 Crise hídrica em Pedro II foi tema de audiência no MP-PI.
  26-10-2017 Copasa emite alerta em relação a abastecimento de água em Paracatu.
  16-10-2017 Mesmo com poços artesianos, parte da população de São Mateus continua recebendo água salgada.
  16-10-2017 Após 15 dias suspenso, rodízio no abastecimento de água volta a ser adotado em Formiga.

 

Parceiros


Publicidade