Notícias   



MPs sobre mineração chegam ao Congresso Nacional

Aumentar o texto: A- | A+
As três medidas provisórias que alteram o marco regulatório da mineração chegaram nessa quarta-feira ao Congresso Nacional. As medidas criam uma agência reguladora para o setor, aumentam impostos para a exploração de minérios e mudam 23 pontos do atual código da mineração.

O governo espera com isso aumentar a participação da mineração no PIB brasileiro dos atuais 4 para 6% de tudo que o país produz.

Ambientalistas receberam a notícia com preocupação. O especialista Jaime Geviski, da ONG WWF, ressalta que faltam regras no novo marco para proteger o meio ambiente e as comunidades tradicionais.

Minas Gerais, Pará e Goias são os principais estados mineradores do país. O presidente da Associação de Municípios Mineradores de Minas Gerais, o prefeito Vitor Penito, celebrou a mudança, mas ressaltou que os recursos precisam ser melhor distribuídos entre as cidades.

Já as mineradoras reclamaram do aumento dos custos. Em nota, o Sindicato Nacional da Indústria da Mineração disse que o aumento deve ser repassado para os consumidores e prejudicar a competitividade no mercado internacional. De acordo com a nota, a elevação do imposto pode reduzir a produção, tendo um efeito contrário ao desejado pelo governo.

Leia mais em:
Fonte: www.radioagencianacional.ebc.com.br  

 » Notícias Relacionadas

  28-11-2017 Estudo liga monocultura de eucalipto à falta d'água no semiárido em Minas.
  28-11-2017 Governo do Estado ampliará rede de abastecimento de água em Pedro II.
  07-11-2017 Moradores fecham trecho da BR-020 no Ceará após distrito ficar sem abastecimento de água.
  07-11-2017 Avanços na ciência e tecnologia diminuíram os custos do pré-sal brasileiro e aumentaram a competitividade, afirma especialista.
  01-11-2017 Crise hídrica em Pedro II foi tema de audiência no MP-PI.
  26-10-2017 Copasa emite alerta em relação a abastecimento de água em Paracatu.

 

Parceiros


Publicidade