Notícias   



Municípios do Agreste de Alagoas terão abastecimento de água suspenso por 48h

Aumentar o texto: A- | A+
Cerca de oito municípios ficarão sem água na sexta e no sábado. Água só deve começar a voltar às casas no domingo.

Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) informou nesta quarta-feira (25) que uma manutenção no antigo Sistema Coletivo do Agreste deixará alguns municípios da região sem abastecimento de água por 48 horas.

De acordo com o órgão, a paralisação começa à meia-noite desta quinta-feira (26) e segue até a meia-noite do sábado (28). Porém, o fornecimento de água só será totalmente normalizado no domingo (29).

A Casal afirma que a manutenção ocorrerá no complexo adutor, em São Brás, e na estação elevatória, em Campo Grande, para melhorar os serviços. Haverá substituição de equipamentos elétricos e válvulas hidráulicas, além de colocação de pontos de ancoragem ao longo da adutora, resultando na ampliação da oferta de água.

Serão afetados os municípios:

Campo Grande
Coité do Nóia
Girau do Ponciano
Lagoa da Canoa
Feira Grande
São Brás
Olho D’Água Grande
Arapiraca
Em Arapiraca, não será todo o municío afetado, apenas os bairros:

Baixão
Boa Vista
Brasília
Cacimbas I e II
Canafístula
Centro
Guaribas
Itapuã
Jardim Tropical
Manoel Teles
Nova Esperança
Olho D’Água dos Cazuzinhos
Ouro Preto
Poço Frio
Primavera
São Luiz I e II
Verdes Campos
Brisa do Lago
Zélia Barbosa
Sítio Alazão
Segundo a Casal, os bairros da parte alta de Arapiraca e as cidades de Craíbas e Igac, não serão prejudicados pela paralisação, já que são atendidos através do novo Sistema Adutor do Agreste.

Leia mais em:

 » Galeria de Fotos
 


Fonte: www.g1.globo.com  

 » Notícias Relacionadas

  21-09-2018 Estado realiza perfuração de poços em diversas regiões.
  21-09-2018 Militares brasileiros fazem perfuração de poços de água na Guiana.
  21-09-2018 Abastecimento de água em cidades de AL na seca deve custar R$ 2,3 milhões por mês.
  21-09-2018 Compesa paralisa abastecimento de água em Caruaru, Agrestina e Cachoeirinha.
  18-09-2018 Após um mês sem água, MPF pede que aldeias recebam água em caminhões-pipa.
  18-09-2018 Um ano após crise hídrica, Viçosa e Ubá não têm previsão de racionamento de água em 2018.

 

Parceiros


Publicidade